IDEPI – Instituto de Diagnósticos Especializados Por Imagem

Perfil Biofísico Fetal

Perfil Biofísico FetalPerfil Biofísico Fetal

A vida do feto a partir do cruzamento de parâmetros

O Perfil Biofísico Fetal (PBF) é um método dinâmico de avaliação do bem-estar fetal, que se associa à ultrassonografia. Neste exame, observam-se cinco parâmetros biofísicos: os movimentos fetais, o tônus fetal, movimentos respiratórios, reatividade da frequência cardíaca e volume de líquido amniótico.

Para cada variável analisada do PBF atribuímos notas que no final auxiliarão no diagnóstico precoce de sofrimento fetal.

Vantagens do Perfil Biofísico Fetal

É um método não invasivo, que tem como propósito avaliar a vida do feto a partir de indicadores e parâmetros, como a indicação da idade gestacional, o crescimento e o acompanhamento dos movimentos do bebê, bem como sua respiração, batimentos cardíacos, o bem-estar e o volume do líquido amniótico.

Quando é indicado

É um exame ultrassonográfico solicitado pelo obstetra geralmente no terceiro trimestre de gravidez (a partir de 28 ou 32 semanas).

A indicação para a realização do exame é feita geralmente para gestantes que se enquadrem no perfil de gravidez de alto risco: quando o bebê parece ter tamanho inferior ao ideal para a idade da gestação, ou então quando a mãe desenvolve diabetes gestacional, presença de pouco líquido amniótico, pressão arterial alta e/ou pré-eclâmpsia.
Porém, alguns médicos pedem o perfil biofísico fetal mesmo quando a gestante não se enquadra no grupo de risco, com o intuito de garantir que uma gestação bem-sucedida.

Contraindicação

Não existe contraindicação para este exame.

Preparo

Alimentar-se cerca de 30 a 60 minutos antes a realização do exame, pois favorece à reação do feto, o que auxilia na avaliação.

Tempo de duração

O procedimento dura aproximadamente uma hora.

Como é realizado

Alguns sensores são colocados em tiras de panos sobre a barriga da mulher, deitada, para que batimentos cardíacos do bebê e contrações uterinas sejam medidos. Além disso, terá um pequeno transmissor na mão da gestante, que deverá ser pressionado a cada percepção e movimento do bebê.

Tudo isso será registrado em um monitor, e os médicos, a partir de um software que produz os dados, definirão um resultado de reativo ou não-reativo, avaliando os exames nas pontuações do perfil biofísico fetal.

Agende seu exame

Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades